Dicas

Medida Cautelar, contra nomeações, é indeferida em Barra da Guabiraba-PE

 

O Vereador, Alberto Ferreira, do Município de Barra da Guabiraba-PE, solicitou Medida Cautelar contra atos de nomeações do Concurso 2016, em desfavor do então Prefeito na época, Wilson Medeiros.

As alegações feitas estavam relacionadas ao fato de que, as nomeações não poderiam ocorrer a partir dos 180 dias que antecede o final do mandato; que a despesa com pessoa excedia o limite percentual da RCL definido na Lei de Responsabilidade Fiscal; que o Prefeito à época tinha deliberada intensão de “comprometer orçamento público para o exercício subsequente”; que o período de pandemia ainda vigente seria óbice a qualquer nomeação que não as exclusivamente para “combate do covid-19, cuja necessidade se revele urgente e em caráter permanente, não transitório.

O pedido de Medida Cautelar foi indeferido, sendo determinado a instauração de Processo de Admissão de pessoal.

As informações foram retiradas do Diário Oficial do Tribunal de Contas de Pernambuco, entre as páginas 5-8. Mais detalhes podem ser conferidos no anexo:

DiarioOficial_202102_tcepe_diariooficial_20210212-1

 

Posts relacionados
Dicas

MPPE instaura Inquérito Civil na Prefeitura de Pedra-PE para regular nomeação dos aprovados no último Concurso Público

O Ministério Público de Pernambuco após a tramitação da Notícia de Fato nº…
Leia mais
Dicas

Concurso Público de Tacaratu - Edital de 2018 - é anulado

O Prefeito do Município de Tacaratu – PE, no uso de suas atribuições legais…
Leia mais
Dicas

TCE determina que atual prefeito de Stª Cruz do Capibaribe nomeie aprovados do concurso

O conselheiro do Tribunal de Contas de Pernambuco, Ruy Harten, negou pedido da comissão de…
Leia mais
Newsletter
Seja um Concurseiro

Inscreva-se na nossa newsletter e obtenha o melhor conteúdo sobre concursos de Pernambuco, feito sob medida para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *