Dicas

MPPE investiga contratações ilegais e burla ao Concurso Público pela Prefeitura de Goiana

 

A instauração do Inquérito Civil foi dada mediante ao conhecimento de fatos noticiados pelo Ministério Público de Contas, do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. Segundo os fatos noticiados, em 2017, a Prefeitura Municipal de Goiana, por meio do Secretário de Saúde da época, Sr. João Paulo Cordeiro, realizou, de forma ilegal, contratações temporárias de profissionais para atuação no Programa Saúde da Família.

A investigação é motivada devido a não realização prévia de Concurso Público, uma vez que este é um dos requisitos mínimos para que haja admissão pessoal em um órgão público.

Ademais, a investigação se dá não só pela improbidade administrativa, como também pela burla a regra do Concurso Público.

A informação é do Diário Oficial do Ministério Público de Pernambuco, confira a informação na íntegra na página 30 (trinta) do documento em anexo:

Diario Oficial eletrnico MPPE 13.04.2021 Edicao 739

Posts relacionados
Dicas

Bom Conselho-PE: TCE-PE nega recurso de ex prefeito do Município, e considera ilegais 285 contratações

As contratações foram realizadas durante o mandato do ex prefeito do Município, Danilo…
Leia mais
DicasSeleções Simplificadas

Carnaubeira da Penha-PE: Resultado preliminar da solicitação de inscrição na Seleção Simplificada 2021 é divulgado

A seleção visa a contratação de pessoal para diversos cargos para atuar nas diversas…
Leia mais
Dicas

Tacaratu-PE: Câmara Municipal de Vereadores prorroga validade do Concurso Público de 2019

A prorrogação do Concurso Público ocorrerá por mais dois anos, e teve início no último…
Leia mais
Newsletter
Seja um Concurseiro

Inscreva-se na nossa newsletter e obtenha o melhor conteúdo sobre concursos de Pernambuco, feito sob medida para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *